Potenciais Evocados - Avaliação Neurológica

Os potenciais evocados estudam a via sensorial, ou seja os circuitos de transmissão da sensibilidade ao longo das estruturas do sistema nervoso central, quer se trate da sensibilidade profunda (presente nas mãos e pés), quer da audição, quer ainda da visão. Assim temos, respectivamente, os potenciais evocados somatosensitivos, auditivos e visuais.

A utilidade deste exame reside na sua capacidade de determinar alterações naquelas vias sensoriais, mesmo quando o exame clínico é completamente normal. Por outro lado os dados do exame podem mesmo, em certos casos, sugerir o distúrbio causador mais provável.

O espetro de doenças em que este exame se aplica é muito vasto, no entanto é particularmente relevante a sua utilização sempre que se suspeite de lesão do nervo óptico (que conduz a visão da retina ao cérebro), do nervo auditivo, ou da medula espinhal (como por exemplo na compressão da medula por alterações severas da coluna), ou ainda quando estas três estruturas anatómicas estejam lesadas simultaneamente, como ocorre nas doenças desmielinizantes do sistema nervoso (Esclerose em Placas ou Esclerose Múltipla).

Médico 

Dr. Júlio Narbaiza

Potenciais Evocados

  • Estudos de Condução Nervosa
  • Estudo do Nervo Pudendo
  • Potenciais Evocados Auditivos
  • Potenciais Evocados Visuais
  • Potenciais Somato Sensitivo
  • Potenciais Evocados Dermatómicos
  • Estudo do Nervo Facial
  • Reflexo Piscatório
  • Onda F
  • Reflexo H
  • Teste de Decremento
  • Teste de Criptotetania

CONTACTOS

Rua Dr. Francisco Pissarra de Matos n.º 8, R/Ch Dto
6300-693 Guarda

GPS:
40º 31' 56,20'' N
7º 15' 43,30'' W
Telf.: 271 213 003
Tlm.: 924 499 959

cliniguarda@gmail.com